REQUEIJãO SERRA DA ESTRELA - DOP

Denominação de Origem Protegida - DOP
Requeijão Serra da Estrela

Entende-se por "Requeijão Serra da Estrela", a massa cremosa, ligeiramente granulosa e de côr branca, obtida por precipitação ou coagulação, pelo calor, das proteínas contidas no soro resultante da laboração do Queijo Serra da Estrela.

Obtenção do Produto - o "Requeijão Serra da Estrela - DOP" - resulta da coagulação e precipitação por acção do calor da lacto-albumina e lacto-globulina existentes no soro obtido do fabrico do Queijo Serra da Estrela.

Pode ser adicionado ao soro, até ao máximo de 18%, em volume, leite de ovelha exclusivamente das raças Bordaleira Serra da Estrela e Churra Mondegueira e ou de cabra da raça Serrana. O leite de ovelha tem de ser obtido segundo as regras de produção em vigor para o Queijo Serra da Estrela. A produção do leite de cabra tem de respeitar rgras idênticas.

A adição de leite de cabra pressupõe autorização prévia e específica do Agrupamento de Produtores.

Características do Requeijão Serra da Estrela - DOP - O produto final apresenta as seguintes características:

Físicas e sensoriais:

  • Aspecto - cremoso, ligeiramente granuloso, macio, uniforme ;
  • Forma e Consistência - forma do recipiente que o contêm ou a forma aproximada de um cilindro baixo irregular, a consistência é macia e cremosa;
  • Peso - o peso de cada unidade pode variar entre 150 gr. e 400 gr;
  • Textura e Côr - bem ligada, uniformemente cremosa, lisa ao corte e côr branca;
  • Sabôr e Aroma - bouquet agradável, funde-se na boca .

Químicas (em relação ao extracto seco):

  • Teor de humidade - 55 % a 60%;
  • Teor de gordura - 18 % a 20%;
  • Teor em cinzas - 1% a 1,5%;
  • Teor de proteínas - 19% a 20%.

O uso da Denominação de Origem "Requeijão Serra da Estrela - DOP" fica reservado aos produtos que obedeçam às características estipuladas no caderno de especificações, o qual inclui, designadamente, as condições de produção e conservação do leite, higiene da ordenha, fabrico do produto, o saneamento animal e a assistência veterinária, as substâncias de uso interdito e apenas os produtores expressamente autorizados pelo Agrupamento, ESTRELACOOP - Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela, se comprometam a respeitar todas as disposições do respectivo Caderno de Especificações e se submetam ao controlo a realizar pelo Organismo Privado de Controlo e Certificação - OPC - BEIRA TRADIÇÃO - Certificação de Produtos da Beira, Ld.ª.

Apresentação Comercial - o Requeijão Serra da Estrela apresenta-se pré - embalado na origem. O material eventualmente utilizado no acondicionamento e que directamente contacte com o produto, tem de ser inócuo, inerte e próprio para este género alimentício. Em cada embalagem deve estar a indicação da Denominação de Origem Protegida (DOP), marca da certificação, logotipo da Comunidade.

Rotulagem - para além do disposto na legislação geral aplicável sobre rotulagem de géneros alimentícios pré - embalados, devem constar ainda as menções "Requeijão Serra da Estrela - Denominação de Origem Protegida", para além da marca de certificação aposta pelo respectivo Organismo Privado de Controlo e Certificação (OPC). Se o leite de cabra fôr um dos ingredientes, o produtor deve obrigatóriamente fazer a respectiva menção no rótulo.

Área Geográfica de Produção - a área geográfica de produção (produção de matéria prima, transformação, pré - embalagem e acondicionamento) está naturalmente circunscrita aos Concelhos de: Carregal do Sal, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Mangualde, Manteigas, Nelas, Oliveira do Hospital, Penalva do Castelo e Seia; às Freguesias de Carapito, Cortiçada, Dornelas, Eirado, Forninhos, Penaverde e Valverde, do Concelho de AGUIAR DA BEIRA; às Freguesias de Anceriz, Barril do Alva, Cerdeira, Coja, Pomares e Vila Cova do Alva, do Concelho de ARGANIL; às Freguesias de Cortes do Meio, Erada, Paul, Sarzedo, Unhais da Serra, Verdelhos e Vila do Carvalho do Concelho de Covilhã; às freguesias de Aldeia Viçosa, Cavadoude, Corujeira, Faia, Famalicão, Fernão Joanes, Maçaínhas de Baixo, Meios, Mizarela, Pêro Soares, Porto da Carne, São Vicente, Sé, Seixo Amarelo, Trinta, Vale de Estrelas, Valhelhas, Videmonte, Vila Cortez do Mondego e Vila Soeira, do Concelho de GUARDA; às Freguesias de Midões, Póvoa de Midões, e Vila Nova de Oliveirinha, do Concelho de TÁBUA; às Freguesias de Canas de St.ª Maria, Ferreirós do Dão, Lobão da Beira, Molelos, Mosteiro de Fráguas, Nandufe , Parada de Gonta, Sabugosa, S. Miguel do Outeiro, Tonda e Tondela , do Concelho de TONDELA; às freguesias de Aldeia Nova, Carnicães, Feital, Fiães, Freches, St.ª Maria, S. Pedro, Tamanhos, Torres, Vila Franca das Naves e Vilares, do Concelho de TRANCOSO e às Freguesias de Fragosela, Loureiro de Silgueiros, Povolide e S. João de Lourosa, do Concelho de VISEU.  

A área de implantação na Região Agrária do Centro é de 311 874 ha.

Agrupamento de Produtores

ESTRELACOOP – Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela, CRL.
Parque Leilão de Gado - Mercado Municipal
Apartado 21
6 360 - 323 CELORICO DA BEIRA
Tel.: +351 271 741 321
Tm: +351 968 603 562
Fax: + 351 271 741 340
E-mail: estrelacoopqse@oninet.pt

OPC –Organismo Privado de Controlo e Certificação

BEIRA TRADIÇÃO - Certificação de Produtos da Beira, Ld.ª
Rua Ruivo Godinho - Urb. Automecânica, N.º 8 / rch
Tel.: +351 272 329 843
Fax:+351 272 329 843
E-mail: beiratradicao@gmail.com

todos os produtos


mais informação