QUEIJO TERRINCHO – DOP
QUEIJO TERRINCHO VELHO - DOP

Denominações de Origem Protegida - DOP
Queijo Terrincho

Entende-se por:

"Queijo Terrincho", o queijo curado, de pasta semidura, ligeiramente untuosa e com alguns olhos, branca e uniforme, obtido por esgotamento lento da coalhada, após a coagulação do leite cru de ovelha da raça Churra da Terra Quente (terrinchas), estreme, por acção de coalho animal.

"Queijo Terrincho Velho" , o queijo curado a 90 ou mais dias, de pasta dura, untuoso, com alguns olhos, amarelada, crosta de cor vermelho, obtido por ser untado com colorau ou massa de pimentão, sendo conhecido também por Queijo Terrincho Apimentado.

Características:

  • Queijo Terrincho - DOP - queijo curado, de pasta semidura, com teor de humidade de 55 % a 63%, referido ao queijo isento de matéria gorda e com um teor de matéria gorda de 45 % a 65 %, referido ao resíduo seco;
  • Queijo Terrincho Velho - DOP - queijo curado, de pasta dura, com teor de humidade de 35 % a 55 % referido ao queijo isento de matéria gorda e com um teor de matéria gorda de 45 % a 60 %, referido ao resíduo seco.

Forma:

  • Queijo Terrincho - DOP - cilindro baixo (prato), regular, com algum abaulamento lateral nas faces, sem bordos definidos, com as seguintes dimensões aproximadas:
    • Diâmetro - de 13 cm a 20 cm;
    • Altura - de 3 cm a 6 cm;
  • Queijo Terrincho Velho - DOP - cilindro baixo (prato), regular, com algum abaulamento lateral nas facse sem bordos definidos, com as seguintes dimensões aproximadas:
    • Diâmetro - de 13 cm a 20 cm;
    • Altura - de 3 cm a 6 cm
Crosta:
  • Queijo Terrincho - DOP :
    • Consistência - maleável
    • Aspecto - inteira, bem formada, lisa
    • Cor - amarelo palha claro, uniforme.
  • Queijo Terrincho Velho - DOP :
    • Consistência - consistente, dura
    • Aspecto - inteira, por vezes rugosa, bem formada e uniforme
    • Cor - vermelho - pimentão.

Pasta:

  • Queijo Terrincho - DOP:
    • Textura - fechada, uinforme, com zona de corte por vezes deformável
    • Aspecto - untuosa e com alguns olhos
    • Cor - branca e uniforme.
  • Queijo Terrincho Velho - DOP:
    • Textura - fechada e uniforme, com zonz de corte consistente, dura
    • Aspecto - untuosa e com alguns olhos
    • Cor - amarelada.

Aroma e Sabor:

  • Queijo Terrincho - DOP - aroma e sabor característicos, suave e limpo
  • Queijo Terrincho Velho - DOP - forte e característico.

Peso:

  • Queijo Terrincho - DOP - peso compreendido entre 0,8 Kg e 1,2 Kg
  • Queijo Terrincho Velho - DOP - peso compreendido entre 0,6 Kg e 1,1 Kg.

Maturação:

  • Queijo Terrincho - DOP :
    • Condições de ambiente: temperatura - entre 5º C e 12º C; humidade relativa - entre 80% e 85%; tempo mínimo - 30 dias.
  • Queijo Terrincho Velho - DOP:
    • Condições de ambiente: temperatura - entre 5º C - 12º C; humidade relativa - entre 80% - 85%; tempo mínimo de cura - 90 dias.  

Acondicionamento e Conservação:

O material utilizado para acondicionamento do queijo e que com este contacte directamente, tem de ser inócuo e inerte em relação ao conteúdo. Quando o "Queijo" é embalado, esta operação deve ser efectuada de acordo com as boas práticas higiénicas e em condições, de modo a conservar a pureza e características , durante o período normal de armazenamento e venda.

A conservação do "Queijo" na armazenagem deve ser feita à temperatura entre 0º C a 5º C, no transporte entre os 0º C e os 12º C. No retalhista no caso do "Queijo Terrincho - DOP" deve ser efectuada entre os 0º C e os 10º C, para o "Queijo Terrincho Velho - DOP" a temperatura deve estar entre os 0º C e os 12º C.

O uso da Denominação de Origem "Queijo Terrincho - DOP" e "Queijo Terrincho Velho - DOP" fica reservado aos produtos que obedeçam às características estipuladas no caderno de especificações, o qual inclui, designadamente, as condições de produção e conservação do leite, higiene da ordenha, fabrico do produto, o saneamento animal e a assistência veterinária, as substâncias de uso interdito, podendo ser utilizada apenas por produtores expressamente autorizados pelo Agrupamento, QUEITEC - Cooperativa dos Produtores de Leite de Ovinos da Terra Quente, CRL., que se comprometam a respeitar todas as disposições do respectivo Caderno de Especificações e se submetam ao controlo a realizar pelo Organismo Privado de Controlo e Certificação - OPC - TRADIÇÃO E QUALIDADE - Associação Interprofissional para Produtos Agro - Alimentares de Trás - os - Montes.

Apresentação Comercial - o Queijo Terrincho e o Queijo Terrincho Velho, apresentam-se no mercado inteiros, pré - embalados ou não, na origem, devidamente rotulados. Quando fraccionados apresentam-se sempre pré-embalados.

Rotulagem - para além do disposto na legislação geral aplicável sobre rotulagem de géneros alimentícios em vigor, devem constar ainda as menções "Queijo Terrincho - Denominação de Origem Protegida - DOP", "Queijo Terrincho Velho - Denominação de Origem - DOP", a marca de certificação aposta pelo respectivo Organismo Privado de Controlo e Certificação (OPC); o nome e a morada do produtor; indicação do teor da matéria gorda ou respectivo intervalo, temperatura de conservação; data da durabilidade mínima indicada pela expressão« para consumir de preferência antes de...», indicando o dia, o mês e o ano; a menção «fabricado com leite crú», «conservar no frio»; o lote, a marca de salubridade.

Área Geográfica de Produção - a área geográfica de produção (produção do leite, fabrico e maturação do queijo está naturalmente circunscrita aos Concelhos de : Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Mirandela, Mogadouro, Macedo de Cavaleiros (com excepção das Freguesias de Edroso, Espadanedo, Ferreira, Murçós e Soutelo de Mourisco), S. João da Pesqueira (com excepção das Freguesias de Riodades e Paredes da Beira), Torre de Moncorvo, Vila Flor, Vila Nova de Foz Côa e as Freguesias de Possacos, Rio Torto, São Pedro de Veiga de Lila, Veiga de Lila, Vales e Valpaços do Concelho de Valpaços, às Freguesias de Fonte Longa, Longroiva, Meda e Poço do Canto do Concelho de Meda e às Freguesias de Algodres, Escalhão, Mata de Lobos e Vilar Amargo do Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

A área de implantação na Região Agrária do Centro é de 26 970 ha.

 

Agrupamento de Produtores

QUEITEC - Cooperativa dos Produtores de Leite de Ovinos da Terra Quente, CRL.
Quinta Branca - Torre de Moncorvo
516-114 LARINHO
Tel.: +351 279 258 090
Fax: +351 279 258 098
E-mail: bina.barreiras@gmail.com

 

OPC –Organismo Privado de Controlo e Certificação

TRADIÇÃO E QUALIDADE - Associação Interprofissional para Produtos Agro - Alimentares de Trás - os- -Montes (AIPAATM)
Av. 25 de Abril, Nº. 273, S/L, esq.
5370-202 MIRANDELA
Tel.: +351 278 261 410
Fax: +351 278 261 410
E-mail: tradicao-qualidade@clix.pt

todos os produtos


mais informação